sábado, julho 22, 2006

as nossas almas saberão de nós

querida H.,
ver-te não é como ver qualquer pessoa, é ver-me pelos
teus olhos.
O que vivemos foi demasiado belo para que nos arrisquemos
a perdê-lo na indiferença.
É assim preciso a coragem que torne o nosso afastamento
tão belo como o nosso encontro.
Só o silêncio nos poderá agora ajudar. O silêncio preservar-
nos-á dentro de nós, no sítio onde nos encontrámos e
onde continuaremos juntos, muito quietos, a olhar-nos fixamente
nos olhos.

Nós não, mas as nossas almas saberão de nós.

P.

11 comentários:

Inês disse...

Foi o titulo do teu blog que me fez abri-lo.
Nos degraus de...
Viagei até à minha adolescência e lembrei-me das horas passadas nos degraus de... de confidências trocadas, de gargalhadas, de "Vou só levar a Inês à porta" - que duravam horas....
Obrigada pelas memórias!

lobices disse...

...vim aqui deixar-te um beijinho de muita amizade; deixar uma lágrima pela perda da tua amiguinha e um abraço pela tua carreira...
...uma lobices fraterna, Lena

lena disse...

obrigada, joaquim :*

Rodrigues disse...

Um abraço solidário pela tua princesinha...

Anónimo disse...

continua a luta pa!!!!!!

lena disse...

:)

Patrícia disse...

Tentei comentar o post da gatinha, mas não consegui. Já perdi alguns Amigos... o Bolinhas foi atropelado antes de completar um ano, o Tweety contraiu sida felina quando tinha poucos anos de vida, três manos que eu alimentava contraíram leucemia. Sei o quanto dói. Mas também sei que o melhor a fazer é continuar a amar e a acolher estes seres que iluminam a nossa vida.

Beijo

Patrícia disse...

P.S.: Laura?! Porquê? Não deveria ser Helena?

lena disse...

comecei este blogue em junho de 2004 como laura, por causa do redondo vocábulo do zeca afonso

sou gémeos, gosto de poder ser mais do que uma
;)**

Anónimo disse...

Parabéns Laura por teres voltado em grande. O mundo precisa de pessoas como tu. Pessoas lindas, humildes, inteligentes.
Continua, és linda

lena disse...

:)