quinta-feira, julho 01, 2004

jardim da sombra

toca-me de mansinho
e leva-me pela mão
ao jardim onde embarcámos um dia
no silêncio da chuva

percorre-me na sombra
e sê comigo
num momento eterno de sorriso

7 comentários:

Anónimo disse...

Uffff...
Isto é muita prosa para um inguenorante como eu!

Lindo, Laura, lindo.

E o que apetece uma sombrinha, nestes tórridos dias de Verão!!!

Bock

chOURIÇO disse...

Intenso, muito intenso! Desde o título ao "sê comigo
num momento eterno de sorriso".

Muuuuuuito bom! Muuuuuuito bem! Toma lá uma beijoca. =8*

AmigaTeatro disse...

E palavras para quê?!?!

Simplesmente maravilhoso. =))

estounua disse...

Espero que o sol te brilhe, também.

Anónimo disse...

Obrigado por apagarem o meu comment...
FPM

lena disse...

fpm, de que falas tu, homem? o comento do dragão tá lá no sítio onde o deixaste... (e não me fales no plural, que eu aqui sou só uma :)

Anónimo disse...

pois é, xiii, desculpa... beijo...