quarta-feira, março 16, 2005

mes mains volent pour se rejoindre

Comme des colombes en désaccord
mes mains volent entre les secrets
pour se rejoindre dans la saison
où les oiseaux chantent l'amour
d'être entourés d'eux mêmes.

Natália Correia
13set23/16mar93

inédito (56/57)

7 comentários:

paper life disse...

Lindo.

Obrigada Laura pelo post.

:)

Bjs.

Draco disse...

Bonito como uma brisa...

lena disse...

abri ao acaso o luar nos dias
porque hoje fez anos que ela se foi embora daqui

e saíu este

**:)

Carla disse...

É tão bom quando estamos rodeados dos 'nossos'... :) Beijo grande :)

Draco disse...

O abrir um livro ao acaso é uma boa maneira de ler poesia!!

Ela foi-se embora mas deixou marcas eternas cá.
Há tanta gente que desaparece sem deixar obra para ser recordada!

Mas o acaso escolheu bem...
;)

Bastet disse...

E que bom é ler boa poesia. :) Sabes que o Jeremias está comigo e creio que vai ficar...

lena disse...

fico tão contente!
>:)))*******