sábado, dezembro 18, 2004

flores amarelas

trocámos duas flores amarelas
e seguimos lado a lado
com um certo calor no corpo
e frio no rosto
da tarde

trocámos flores amarelas
e um certo calor de mãos
domingo
na praça

9 comentários:

AmigaTeatro disse...

Silêncio.
Aqui, hoje, deixo apenas o meu sorriso... e um :kiss:

;P*

Chimeer disse...

Obrigada por partilhares as trocas. :)

lena disse...

minhas queridas ;**

LolaViola disse...

a tua poesia tem a cor da magia com que vives os dias de domingo. a tua poesia é quente.. como os sorrisos que amamos.
http://vidasdeconchitaepaco.blogspot.com/

lena disse...

vejo que reages bem aos poemas dos meus dezasseis anos ;D



(já lá tá o vosso linque, pá ;)*

LolaViola disse...

A poesia não tem idade.. Ou tem?

g2 disse...

Hoje é Domingo, está de chuva! Uma florzinha amarela, agora, sabia bem!

Olá!

Draco disse...

Vi esta manhã (em repetição) a entrevista na Sic Mulher.
Gostei.
Compreendi.
Vou continuar a passar por aqui.
Adorei os gatos, as palavras e os pensamentos...
Permita-me oferecer-lhe uma simples flor.

lena disse...

:)