segunda-feira, dezembro 20, 2004

jardim da sombra

toca-me de mansinho
e leva-me pela mão
ao jardim onde embarcámos um dia
no silêncio da chuva

percorre-me na sombra
e sê comigo
num momento eterno de sorriso

5 comentários:

Draco disse...

Um secret garden...
;-)

lena disse...

;)

Madalena Pestana disse...

amor e morte, os verdadeiros temas da poesia.

:) Bjs

jorge disse...

belo.
beijo!

Rodrigues disse...

*suspiro*